O cérebro humano é incrível, desafiando cientistas e doutores por séculos com suas habilidades impressionantes. Nenhuma outra espécie pode fazer belas sinfonias e poemas, construir palácios impressionantes e encontrar soluções engenhosas como nós. Mas nós não poderíamos fazer nenhuma dessas coisas sem a ajuda de nossos cérebros maravilhosos.

Dois componentes muito importantes do nosso cérebro são a nossa memória que nos permite acumular uma riqueza de conhecimentos, e nossa habilidade de resolver problemas. Apesar de nossos cérebros serem realmente incríveis e capazes de grandes coisas, ainda há momentos em que nos esquecemos das coisas. Reunimos quatro dicas que ajudarão você a superar esses momentos.

Dica 1- Preste atenção nas suas emoções

Quando você tem fortes experiências emocionais ligadas a lembranças – um primeiro beijo, formatura, ou uma promoção – essas lembranças geralmente ressoam e são difíceis de esquecer. Você consegue se lembrar onde estava quando aconteceu o 11 de setembro? Este é um ótimo exemplo de uma memória que ressoou em nossas mentes por causa da resposta emocional associada. A maioria de nós se sentiu assustado, triste e talvez até com raiva, e pode facilmente lembrar os detalhes. Isso é muito diferente de lembrar o que comemos no almoço de ontem.

Emoções

Tornar as nossas memórias significativas significa que podemos guardá-las por mais tempo. Uma teoria sobre por que emoções simultaneamente experimentadas podem tornar uma lembrança tão poderosa é que as emoções provocam excitação física. Inclusive, os anunciantes usam essa estratégia para fazer propagandas que provoquem emoções, fazendo com que elas permaneçam em nossas mentes por mais tempo. Ao vincular informações aparentemente mundanas às emoções, você pode melhorar sua capacidade de lembrar-se de novas informações melhor e por mais tempo.

Além disso, a pesquisa mostrou que precisamos nos sentir em forma e fisicamente ativos para poder lembrar de novas informações. Isso significa que sempre que quisermos absorver e memorizar novas informações, devemos nos certificar de que nos sentimos alertas, em forma e fisicamente ativos.

Dica 2- Pratique o treinamento de mente plena

Mente plena é a prática de focalizar sua atenção propositalmente no momento presente – e aceitá-lo pelo que é. Sua consciência pode ser treinada pela prática da mente plena, bem como sua capacidade de se concentrar em seu corpo, sua respiração e seus pensamentos no momento presente. Pergunte a si mesmo: com que frequência você vive no momento presente e com que frequência se livra de todas as preocupações sobre o futuro ou pensamentos sobre o passado? Através da prática da mente plena, você pode aprender a viver no agora e não se deixar distrair pelas coisas ao seu redor.

Mente Plena

Um estudo da Universidade de Santa Bárbara descobriu que após 2 semanas de treinamento em mente plena, os participantes mostraram melhorias significativas na concentração e outras funções cognitivas. Todos nós podemos fazer com um pequeno foco na concentração – especialmente no mundo de hoje, onde estamos constantemente sendo bombardeados por diferentes estímulos de uma só vez. Ao meditar, praticar yoga ou até mesmo tomar cinco minutos pela manhã para deixar sua mente entrar em sintonia com seu corpo, ver como está se sentindo e observar suas emoções sem julgá-las, você pode aumentar sua concentração e memória operacional, e estudos demonstraram essa prática de mente plena pode até elevar seus níveis de felicidade.

Dica 3 – Nutrição

Nutricionistas concordam que certos alimentos são estimulantes para a atividade do seu cérebro. Esses alimentos são importantes para a produção de substâncias no cérebro responsáveis pela transmissão de informações entre os neurônios. Essas substâncias são conhecidas como neurotransmissores. Certos aminoácidos foram comprovados para garantir que esses neurotransmissores possam funcionar sem problemas. Os aminoácidos podem ser encontrados em alimentos como nozes, peixe e legumes.

Nozes

As nozes são particularmente agradáveis para o cérebro, pois também são uma rica fonte de ácidos graxos ômega-3, que também são relevantes para melhorar a memória e o desempenho cerebral. Na verdade, bebês que não ingerem ácidos graxos ômega-3 suficientes de suas mães durante a gravidez têm 48% mais chances de pontuar no quartil mais baixo dos testes de QI. A razão para isso é que 8% do cérebro humano é composto de ácidos graxos ômega-3. Quando você não tem ácidos graxos ômega-3 suficientes em sua dieta, seu cérebro não pode crescer como deveria e enviar as mensagens importantes que precisa transmitir. Quando precisar lembrar algo muito importante, os alimentos ricos em ômega-3 podem ser o melhor amigo do seu cérebro.

Dica 4- Fortaleça sua memória de trabalho

Quando você aprende novas informações, elas primeiro são armazenadas em sua memória de trabalho antes de serem memorizadas em sua memória de longo prazo. Desde que o psicólogo George Miller publicou suas descobertas em 1956, que o cérebro não treinado só pode memorizar sete coisas ao mesmo tempo, surgiu o interesse em relação ao treinamento da memória e à melhora das capacidades do cérebro. Durante muito tempo pensamos que a capacidade do cérebro não podia realmente mudar, que a maneira como é hoje é a maneira como será para sempre. Mas uma pesquisa inovadora em 2008 por Susanne Jaeggi, uma psicóloga suíça, descobriu que nossa memória de trabalho pode ser treinada através de um treinamento cerebral eficaz.  Os participantes de seu estudo não apenas melhoraram sua capacidade de armazenar informações em sua memória de trabalho, mas também acharam mais fácil encontrar soluções para problemas complexos.

fortaleça sua memória de trabalho

Mostrou-se que através de um treinamento regular com exercícios, como os exercícios de Fixação e Zona Nerd do Química em Ação, o desempenho da memória de trabalho pode ser melhorado. Isso tem efeitos positivos tanto na sua memória quanto no seu raciocínio lógico.

A saúde do seu cérebro depende de você.

Como você pode ver, em grande parte você pode influenciar o quão bem seu cérebro funciona. Uma dieta adequada, uma vida consciente, técnicas de memória e treinamento do cérebro são os ingredientes ideais para colocar seu cérebro na liderança para o alto desempenho.

Por agradecimento de você ter lido até o final, eu quero liberar esse ebook totalmente gratuito pra você com Técnicas de Memorização nos Estudos para você DETONAR no ENEM e Vestibulares. Basta clicar na imagem abaixo, colocar seu nome e e-mail que logo ele chegará na sua caixa de entrada. Vem reagir, Gás Nobre!

Técnicas de Memorização nos Estudos

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of