A teoria da evolução é um assunto que escutamos desde pequenos, e aprendemos que havia sido criada por Charles Darwin. A ideia de que as espécies se alteram por meio de um aparelho chamado seleção natural das espécies, mudou completamente a forma em que víamos os seres vivos.

E em seu livro mais famoso “A Origem das espécies”, escrito em 1859, Darwin apresenta a sua teoria em que todas as espécies de animais surgiram de um ancestral em comum, a chamada “descida com modificações”

 

Charles Darwin
Imagem via: BBC

Porém, cerca de mil anos antes de Darwin, no Iraque, vivia um filósofo muçulmano chamado Abu Usman Amr Bahr Alkanani al-Basri, conhecido como.Al-Jahiz, escreveu um livro em que ele descrevia como os animais mudavam através de um processo que ele também chamou de seleção natural.

Livro dos animais de Al-Jahiz.
Imagem via: BBC

Seu livro titulado Kitab al-Hayawan, o livro dos animais foi concebida em uma enciclopédia apresentando 350 espécies, onde ele reproduzia ideias muito parecidas com às de Darwin.

“Os animais estão envolvidos numa luta pela existência e pelos recursos, para evitar serem comidos e se reproduzirem”, escreve Al-Jahiz.

“Os fatores ambientais influenciam nos organismos fazendo com que desenvolvam novas características para assegurar a sobrevivência, transformando-os assim em novas espécies.”

Ele prossegue: “Os animais que sobrevivem para se reproduzir podem transmitir suas características exitosas a seus descendentes”.

Tinha o pensamento que às espécies estavam em constante evolução e que para sobreviver, os animais deveriam possuir características competitivas, em uma luta diária para ver que espécie era mais forte.

Suas ideias influenciaram outros pensadores muçulmanos, e o “pai espiritual” do Paquistão (figura importante para os muçulmanos) Muhammad Iqbal reconheceu a importância de Al- Jahiz em sua coletânea de conferências, publicadas em 1930.

O correio do Qatar criou um selo em homenagem a al-Jahiz como parte de sua série Personalidades do Islã.
Via BBC

Imagino o que você esteja pensando agora: Darwin imitou o pobre coitado do Al-Jahiz e nem deu os devidos créditos!

Um contemporâneo de Darwin, o cientista William Draper, falava da “teoria da evolução maometana” em 1878, ou seja, a contribuição do mundo muçulmano à ideia da evolução não era um segredo para intelectuais europeus do século 19.

PORÉM, não existem evidências que comprovam que Darwin conhecesse o trabalho de Al-Jahiz, ou que soubesse árabe.

É importante que conheçamos essas figuras que tiveram um papel muito substancial ao pensamento evolutivo. Interessante também, que até na morte Al-Jahiz estava em busca de conhecimento. Aos 92 anos tentou pegar um livro em uma estante pesada que acabou caindo em cima dele, o matando.

Fonte:

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-47577118

https://www1.folha.uol.com.br/ciencia/2019/03/o-filosofo-muculmano-que-formulou-teoria-da-evolucao-mil-anos-antes-de-darwin.shtml

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of