Toda a região que compreende a Floresta Amazônica compõe a maior biodiversidade do planeta, com diversas espécies animais e vegetais. E muitas ainda nem foram catalogadas!

Apesar das inúmeras espécies, muitos seres ainda sofrem grave risco de serem extintos. E tudo isso se deve principalmente em razão da ação do homem na natureza, através das queimadas (que vimos esse ano),  pelo tráfico de animais e plantas, que cresce na região Amazônica. Além disso existem outros fatores como: o desequilíbrio ambiental; a caça e pesca predatória; a poluição do solo, do ar e da água; alterações climáticas e a perda ou fragmentação dos habitats.

Porque as espécies estão entrando em extinção?

Devido ao tamanho da floresta, o policiamento atual na região não é suficiente. A lista de animais em risco de extinção na Amazônia é extensa e vêm aumentando constantemente. Temos diversas Organizações Não Governamentais (ONGs) que focam na preservação das espécies e na diminuição das queimadas, porém, ainda existe muito a ser feito.

A Organização das Nações Unidas (ONU) calcula que existam entre 10 e 100 milhões de espécies de seres vivos no planeta. Desse total, somente 1,4 milhões são conhecidos e 25% deles estão ameaçados de extinção. Todos os dias desaparecem quase trezentas espécies animais e vegetais no mundo, devido à destruição de seus habitats.

A biodiversidade na floresta

Com uma extensão de aproximadamente sete mil quilômetros quadrados, a Floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo, estendendo sua área por nove países (Brasil, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Suriname, Guiana e Guiana Francesa), estando a maior parte dela concentrada dentro do território brasileiro.

Estima-se que dentro da floresta há mais de 20% de TODAS as espécies de plantas e de animais de TODO O PLANETA. São aproximadamente 20 mil espécies de vegetais, 1.400 espécies de peixe, 300 espécies de mamíferos e cerca de 1.300 espécies de aves.

Brasil

O Brasil é um dos países com maior biodiversidade, também perde centenas de espécies diariamente. Grande parte vítimas de atividades como a agricultura, pecuária, extração de madeira, mineração e poluição industrial. Desde 1990, o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) lista os animais em risco de extinção no Brasil. A maioria das espécies é oriunda da Amazônia, Mata Atlântica e Pantanal. 

A lista é constantemente atualizada pelo IBAMA. Entre as centenas de animais que constam na lista de ameaçados de extinção, a chamada “Lista Vermelha”, organizada pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, constam espécies de todos os tamanhos, famílias, classes e belezas.

Dentre os animais que estão a mais tempo entre os ameaçados de extinção na Floresta Amazônica está a onça pintada. Desde de 1960 passou a sofrer uma grande diminuição em seu número devido a exportação ilegal de madeira, animais da floresta para outros países.

As onças perdem o seu habitat natural por causa do desmatamento, e buscam alimentos fora da mata. Com isso, acabam invadindo fazendas e sendo mortas pelos fazendeiros. Além, claro, da prática da caça ilegal.

Aves como a ararajuba e a harpia; outros mamíferos como a ariranha e o peixe-boi; e dezenas de répteis, anfíbios e peixes também estão na lista de espécies ameaçadas de extinção da Floresta Amazônica. Se você quiser saber mais sobre quais são os animais ameaçados de extinção CLIQUE AQUI.

Além disso, cerca de 80 espécies da flora na Amazônia estão ameaçadas de extinção e suas principais causas são: o contrabando e a extração inadequada.

Segundo a “Lista Oficial de Espécies da Flora Brasileira Ameaçadas de Extinção” do Ministério do Meio Ambiente, algumas plantas em extinção na Amazônia são:

  • Xaxim
  • Andiroba
  • Pau Rosa
  • Mogno
  • Cravo-do-Maranhão
  • Castanheira
  • Flor de Carajás
  • Cumaru-de-cheiro
Madeira da árvore do Pau Rosa, que está em extinção devido ao desmatamento desenfreado para a retirada de seu óleo essencial.

A importância da preservação

Você sabia que o tráfico ilegal de animais vivos, é o terceiro maior tipo de contrabando depois do de drogas e arma? A maior parte dos animais contrabandeados são provenientes da Amazônia.

Para que os animais em extinção na Floresta Amazônica possam sair do perigo de extinção, várias ações e projetos devem ser feitos. Por exemplo: projetos que se destinam a diminuir o desmatamento e principalmente coibir a ação de pesca e caça ilegal.

Estudos comprovam os impactos causados pela destruição dessas reservas naturais e  mostram que essas ações podem a longo prazo voltar para a população. LEMBRANDO do episódio esse ano em São Paulo, em que o dia virou noite devido às queimadas. Além disso, há o aumento da temperatura, a falta de chuvas… Tudo proveniente do abuso à natureza na Amazônia. Se quiser saber mais, temos um post no blog que explica tudo isso!, Você pode conferir clicando AQUI.

A preservação da fauna e da flora é extremamente relevante para a conservação da biodiversidade. As queimadas e desflorestamento desenfreado de madeireiras e indústrias, além de inviabilizar a continuidade do bioma na região, contribuem para a aceleração do aquecimento global.

Ainda que o Governo e as entidades se esforcem para preservar e proteger os animais em extinção na Floresta Amazônica e em outras áreas do Brasil, a conscientização é o elemento mais importante para garantir a estabilidade desses recursos. 

Por isso, devemos olhar para a nossa floresta com orgulho! A sua importância na biodiversidade mundial é ENORME! 

Precisamos de ações e projetos concretos. Precisamos focar também no meio ambiente como uma prioridades instituições públicas. Devemos cobrar ações para a preservação dos animais e da nossa flora. PRECISAMOS AGIR! Vamos proteger o nosso planeta, vamos proteger os nossos animais.

Viva a Amazônia!

Fontes:

http://www.ebc.com.br/animaisemextincao

https://www.todamateria.com.br/animais-em-extincao-na-floresta-amazonica/

https://www.guiaestudo.com.br/animais-em-extincao-na-floresta-amazonica



Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of