Fala galera, tudo beleza?  Olha eu aqui na área, professor Marcelão da Química, no blog do Ciência em Ação para trazer mais uma dica bem legal para vocês.  Nessa postagem, vamos discutir uma questão que envolve o reconhecimento de funções orgânicas, dentro do tema “hormônios esteroides”.

Você deve saber que os hormônios são substâncias produzidas por glândulas do sistema endócrino, tecidos especializados ou por neurônios especializados, e que cada hormônio possui efeitos bem específicos. Por exemplo, a insulina é um hormônio que atua na redução da glicemia, o GH é um hormônio que estimula o crescimento do corpo humano, e a testosterona é um hormônio que  estimula as características sexuais masculinas.

Por falar em características sexuais, esse tema foi abordado em um dos vestibulares da UERJ, através da identificação de hormônios. Vamos analisar a questão? Acompanhe logo abaixo:

  • QUESTÃO UERJ

“Na tabela a seguir, são relacionados quatro hormônios esteroides e suas correspondentes funções orgânicas. O hormônio que é secretado pelas células de Leydig, encontradas nas gônadas masculinas, é representado pela seguinte estrutura:Agora que você já viu a questão, imagino que você deve ter reparado que o objetivo é achar qual é a estrutura da testosterona, pois esse é o hormônio encontrado nas gônadas masculinas. Para isso, a prova forneceu na tabela as funções orgânicas presentes em cada hormônio.

 

Ah, e antes que eu me esqueça, preciso comentar algo importante: gostaria de chamar a sua atenção para o fato que, se o vestibulando não tivesse essa percepção, que a testosterona é o hormônio masculino, talvez ficaria difícil resolver essa questão…

Mas retornando para a questão da identificação das funções orgânicas, podemos observar que nós temos carbonilas ( C = O ) e hidroxilas ( OH ) presentes nas estruturas, e como a questão menciona as funções cetona, fenol e álcool, qual seria a diferença entre elas?

Nas cetonas, temos a carbonila ligada a dois carbonos (C – carbonila – C), enquanto no fenol, a hidroxila está ligada diretamente ao anel aromático, e no álcool a hidroxila está ligada em um carbono que só faz simples ligações.

 

Na alternativa A, temos o hormônio ESTRONA:

Na alternativa B, temos o hormônio ESTRADIOL:

Na alternativa C, a alternativa correta, temos o hormônio TESTOSTERONA:

E por último, temos na alternativa D, a PROGESTERONA:

Eu não sei se você conseguiu reparar, mas as estruturas desses hormônios são bem parecidas, e que as pequenas diferenças acabam resultando em funções completamente diferentes. Interessante, não?

Mas e aí, você tem dificuldade no momento de identificar as funções orgânicas?

Se por acaso você respondeu que sim, não deixe de assistir uma revisão desse tema no nosso canal. Acesse: AQUI!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of