Hoje é o dia mundial do cinema!

Desde a sua criação em 1890, o cinema evoluiu muito em termos de som, imagem, cores e efeitos especiais. Uma grande evolução foi o nascimento dos cinemas 3D, imagina se sentir dentro do filme, com imagens surreais que saltam para fora da tela!

Tudo isso foi possível com a tecnologia 3D.

História

Os primeiros filmes gravados em 3D eram capturados por duas câmeras, equipadas com lentes azuis e vermelhas, usadas como filtros. As vermelhas barravam a passagem da cor azul a absorvendo, com isso, havia o registro de imagens com ausência dessa cor, enquanto as azuis faziam o mesmo para a cor vermelha.

A pequena distância existente entre as duas câmeras produzia um efeito similar ao da visão estereoscópica. Na sala de projeção dois projetores eram usados para sobrepor as imagens, que são chamadas anáglifas. Essas imagens incluem duas camadas de cor numa única tira do filme reproduzida por um projetor.

Então, simplesmente por usarmos um óculos com uma lente azul e outra vermelha, era possível barrar a passagem de uma das gravações em um dos olhos, e como a filmagem era feita em uma perspectiva diferente o resultado era o efeito de profundidade.

Atualmente os filmes são gravados de forma parecida, mas com a tecnologia nós conseguimos assistir os filmes sem a perda de informação das cores que acontecia no cinema 3D antigo.

Durante a exibição do filme, os espectadores utilizam óculos com lentes polarizadas, cada uma em uma orientação, barrando, assim, completamente a entrada da luz que não esteja polarizada sob a mesma orientação. Os óculos 3D utilizam uma técnica baseada na polarização da luz. Polarizar a luz significa fazer com que ela se propague em apenas um plano. Cada lente dos óculos possui filtro de polarização diferente: uma das lentes filtra as ondas polarizadas na vertical, e a outra, na horizontal.

Como funciona?

É importante lembrar que os seres humanos possuem visão binocular, isso significa que cada olho enxerga uma imagem diferente, e o cérebro é o responsável por combiná-las em uma única imagem.

A diferença quase imperceptível entre estas duas imagens é denominada desvio, o cérebro a utiliza para ajudar na percepção de profundidade. É exatamente por esta razão que, ao perder a visão de um dos olhos, as pessoas perdem também a noção espacial.

As câmeras usadas atualmente para gravar os filmes 3D gravam as cenas em polarizações diferentes. Enquanto uma das lentes apresenta polarização horizontal, a outra é polarizada verticalmente. Por serem utilizadas duas câmeras, o filme terá, a cada segundo, 48 quadros, que é o dobro de quadros utilizados em filmes convencionais 2D, 24 deles são vistos pelo olho direito e os outros 24 pelo olho esquerdo. Quadros são os frames do filme, isto é, cada uma das imagens fixas de um vídeo.

O filme é projetado, às vezes, com dois projetores simultâneos. Além disso, a tela é refletiva (prateada), o que torna possível para a luz passar a ideia de que não se trata de uma tela normal.

Os óculos 3D com os filtros de polaridade permitem que cada olho receba um quadro, como se cada pessoa enxergasse a mesma coisa através de dois diferentes focos. A distância entre os dois olhos nos faz ver a mesma coisa sob ângulos diferentes. Então, com essas duas imagens vistas por cada olho o nosso cérebro forma uma terceira imagem, como se nos enganasse, dando a impressão de profundidade à cena.

Mas se os filmes 3D são tão incríveis, porque muitas pessoas ainda preferem assistir filmes em 2D?

Isso acontece porque a maioria dos filmes hoje em dia não são gravados realmente em 3D, mas em câmeras comuns, e depois de pronto é apenas acrescentado o efeito 3D através do computador. O que acaba não trazendo a verdadeira sensação de terceira dimensão é que muitas vezes o efeito é utilizado sem relação com  a experiência ou à história, apenas para demonstrá-lo.

Fonte:

https://azeheb.com.br/blog/fisica-no-dia-a-dia-como-funcionam-os-cinemas-3d/

https://alunosonline.uol.com.br/fisica/como-funciona-cinema-3d.html

https://www.sofisica.com.br/conteudos/curiosidades/cinema2_3d.php

https://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2011/05/saiba-como-funciona-tecnologia-3d-dos-cinemas.html

https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/fisica/fisica-cinema-3d.htm

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of