Muito provavelmente você já viu alguma receita do tipo” aprenda como fazer álcool em gel caseiro”, ou então “como fazer álcool em gel em casa”. Acertei? Creio que sim! Eu quero pedir para que você não aprenda a fazer álcool 70% caseiro.

Acabou de acontecer comigo algo que eu não poderia deixar de compartilhar com você. É algo sobre como fazer o álcool em gel?

Não!

É sobre “não fazer álcool em gel caseiro” mesmo (ou álcool sem ser em gel também)! Leia esse artigo até o final, pois tenho certeza que vou te fazer refletir sobre isso.

Mas afinal de contas, o que aconteceu?

Em meio a essa pandemia do coronavírus, precisei ir no mercado para reabastecer a minha geladeira. Ao chegar no mercado, dando uma olhada nos potes de conservas, sem querer acabei escutando um casal, que passava por mim e falava alguma coisa sobre o álcool 70%. Não deu pra saber se era em gel ou líquido.

Confesso que não sou fofoqueiro, mas em época de receitas mirabolantes que correm pela internet, disfarçadamente, dei uma de Sherlock Holmes e fui atrás do casal.

Dos potes de conservas, fui parar próximo do açougue, e analisando uma lata de salsichas, lá estava eu, o Marcelão da Química, um vegetariano investigador, bisbilhotando a vida alheia, hehehehe

Antes que você pense em me perguntar, fique tranquilo(a) que estava a uma distância segura deles, usando máscara e todos os cuidados necessários foram tomados.

Pois bem, a conversa basicamente era de uma receita caseira para produzir álcool 70%, colocando água mineral no álcool de maior concentração.

A receita consistia em colocar um determinado número de colheres de sopa contendo água mineral, para cada garrafa de álcool.

E é aí que mora o problema! 

Na verdade, o correto seria “problemas”… No plural mesmo!

Tirando o fato que o processo de produção do álcool 70% não utiliza água mineral, o que aí já consiste em um erro dessa receita caseira, fiquei me questionando sobre o problema das unidades de medidas caseiras.

Eu não sei na sua casa, mas aqui, eu tenho 2 tamanhos diferentes de colheres de sopa, que comportam volumes diferentes de líquidos. Além disso, já vi no mercado diferentes tamanhos de garrafas de álcool.

NÃO APRENDA  FAZER ÁLCOOL 70% CASEIRO
Quantos tamanhos de colher você tem em casa?

Como sou professor, inevitavelmente fiquei imaginando a aplicação dos cálculos de diluição, que eu costumo ensinar para a galera, visando mostrar a “treta” que dá fazer essas medidas caseiras.

Tem uma live que fiz aqui no YouTube, onde demonstro esses cálculos, caso você queira aprender mais sobre isso.

Vou mostrar um exemplo, e esses valores estou inventando agora, tá?

Observe:

Se a pessoa que inventou a receita, pediu para que fossem usados 10 colheres de sopa, que comportam até 15 mL de água, nesse cenário, teremos 150 mL de água no total. Concorda?

Agora imagine que a colher da sua casa, não comporta 15 mL, mas sim, somente 10 mL. Nesse cenário, ao utilizar as 10 colheres, você não teria os 150 mL que eram necessários, mas sim, somente 100 mL.

Agora olha o outro problema.

Se a pessoa que fez a receita original, pensou em uma garrafa contendo 1 litro de álcool, e você utilizou uma garrafa contendo 500 mL, a conta não vai “bater”, concorda?

Esses, dentre vários não listados aqui, são os problemas das receitas caseiras.

Já faz algum tempo que participei de uma entrevista, para outro site, dando mais detalhes sobre essa questão do álcool na concentração de 70%. Se você tiver interesse de saber mais, clique aqui.

Em tempos de COVID-19, não dá pra “brincar em serviço”. Não faça receitas caseiras que possam comprometer a sua saúde. Compre o produto pronto, em lugar confiável e não ponha a sua saúde e a dos demais em risco.

NÃO APRENDA COMO FAZER ÁLCOOL 70% CASEIRO.

Veja como a inteligência artifical pode ajudar na busca por novos medicamentos contra a Covid-19 clicando aqui.

Um abraço!

Prof. Marcelão

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of