O nitrato de amônio ganhou a nossa atenção nas últimas horas, mas saiba que ele já esteve envolvido em explosões do passado. Tragédias com esta substância já aconteceram na França, China e Estados Unidos.

Ontem, 4 de agosto, cerca de 2,7 mil toneladas de nitrato de amônio causaram a explosão que deixou 100 mortos  na região portuária de Beirute. A substância, que é utilizada como fertilizante estava armazenada de forma inadequada e por isso a explosão aconteceu.

Explosões do passado: Nitrato de Amônio 

O nitrato de amônio já ganhou as folhas dos jornais em 16 de abril de 1947 nos Estados Unidos. Neste dia 2,3 mil toneladas da substância estava em um navio francês no porto do Texas. A explosão do passado deixou 581 mortos e mais de 5 mil feridos. Construções da região foram destruídas, assim como a área portuária. 

Nitrato de Amônio e Explosões do Passado
A destruição no porto do Texas após explosão

Aproximadamente 3 meses depois, em 28 de julho de 1947 um novo acidente aconteceu na França. Um navio cargueiro da Noruega, o Ocean Liberdade estava carregado com 3 mil toneladas de nitrato de amônio. A carga incendiou durante o processo de descarregamento e o navio explodiu deixando cerca de 30 mortos e milhares de feridos.

Mais de 40 anos se passaram até que a próxima explosão acontecesse. Em 08 de janeiro de 1998, na China. A explosão aconteceu em uma fábrica de fertilizantes na província de Shaanxi. Vinte e quatro trabalhadores foram mortos e 60 ficaram gravemente feridos. 

Em 21 de setembro de 2001 a França foi cenário de uma nova explosão. O estoque de nitrato de amônio de uma fábrica, em Tolouse, explodiu e matou 31 pessoas. Além das mortes, houveram 2,5 mil feridos. As investigações realizadas indicaram que este acidente aconteceu pela mistura de produtos não compatíveis. O fato foi aos tribunais e a proprietária da fábrica foi condenada por homicídio culposo. 

Os acidentes mais recentes

Em 2004, no dia 24 de Abril a Coreia do Norte ganhou os noticiários mundiais. Um trem que transportava petróleo e nitrato de amônio sofreu uma colisão. Uma série de explosões fez com que 161 vidas fossem perdidas e 1,3 mil pessoas fossem feridas. 

Um pouco mais de mês após o episódio da Coreia do Norte, a Romênia foi cenário de uma explosão acidental. No dia 28 de maio de 2004 um caminhão no leste do país explodiu. Um total de 18 pessoas  morreram e 3 ficaram feridas. 

O último acidente relatado, até ontem, aconteceu nos Estados Unidos. No dia 17 de abril de 2013 uma fábrica de fertilizante no Texas deixou mortos e dezenas de feridos. A cidade de West se entristeceu com as vidas perdidas. 

Nitrato de Amônio e Explosões do Passado
A fábrica na cidade de West após a explosão

O último acidente aconteceu no Líbado em 04 de agosto de 2020 e você pode ler sobre ele clicando aqui ou vendo o vídeo que gravei sobre o assunto:

Gás Nobre! Você tem dificuldades para entender conteúdos de Ciência da Natureza? Não fique triste! Eu, professor Paulo Valim, quero te contar um segredinho que os melhores estudantes do Brasil já conhecem, com a minha plataforma Ciência em Ação, você vai conseguir aprender Química, Física e Biologia de forma rápida e efetiva e garantir a sua aprovação ainda em 2020.


Não importa se você tem dificuldades com as matérias ou se essa é a primeira vez que você vai estudar Química, Física ou Biologia. No Ciência em Ação, nossos cursos são completos e aprofundados. Eu e a minha equipe ensinamos todo o conteúdo do começo ao fim de forma didática.


Que foi? Você tem dúvidas de que o que eu estou falando é verdade? Então, saca só, Gás Nobre! Liberei o primeiro módulo completo da minha plataforma Ciência em Ação totalmente grátis pra você experimentar! Curtiu? Clique aqui e aproveite para conhecer a melhor plataforma de Ciência da Natureza da web!

Bora reagir e realizar os seus sonhos? 
Me acompanhe nas redes sociais: curta a minha  página no Facebook, siga o meu Instagram, se inscreva no canal do Youtube e entre no meu canal do Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *