Ninguém merece, naquele dia de inverno, estar tomando um banho quentinho e de repente ficar sem luz e só sentir a água gelada escorrendo pelas costas!

Não é verdade?

Eu tenho certeza que você já foi vítima dessa desagradável surpresa! Segundo estudo elaborado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, o Idec, o fornecimento de energia elétrica é um problema comum em todo o Brasil. Ou seja, você não está sozinho nessa!

Mas saiba que há regiões em o problema é mais grave! 

Um morador do Amazonas, por exemplo, pode ficar até 48h seguidas e 45 vezes por ano sem energia,  segundo dados de 2018. Em 2017, Roraima foi considerado o pior estado do Norte em falta de energia. Todas as unidades consumidoras tiveram quedas de energia no período. No Centro-Oeste, o estado mais crítico foi Goiás, onde quase todas as unidades sofreram com as interrupções na transmissão de energia elétrica. 

O desligamento do sistema elétrico, sem aviso prévio, pode causar a queima de equipamentos após o retorno da energia. Isso acontece por defeitos de sobrecorrente ou sobretensão, que é quando a energia volta de repente. Não somente no caso de casas de família com aparelhos domésticos, mas também comerciantes e empresários. 

Em 2015 o Brasil esteve à beira de uma crise energética. Por termos mais de 90% da nossa energia produzida nas hidrelétricas, nós dependemos de água em níveis adequados em seus reservatórios para gerar energia. Com a ausência de chuvas os níveis dos reservatórios se encontravam muito baixos e com isso a população teria que reduzir os gastos em energia em 20% pelo menos, para que não houvesse falta no país inteiro.

Com todas essas dificuldades em fornecimento de energia, surgem outras alternativas além das hidrelétricas. E hoje eu quero te apresentar 3 alternativas muito interessantes:

1- A folha que gera energia!

Um grupo de cientistas liderado por Daniel Nocera, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), apresentaram uma célula solar do tamanho de um baralho de cartas capaz de imitar a fotossíntese, processo por meio do qual as plantas convertem luz e água em energia.

A fotossíntese artificial é investigada em centros de pesquisa de diversos países. E a pesquisa do MIT representa um grande avanço nesse meio. O equipamento que imita a fotossíntese é feito de silício e revestido com catalisadores, usados para acelerar as reações químicas. 

Como funciona?

Colocado num balde com água sob a luz do Sol, o aparelho divide a água em seus dois componentes básicos: hidrogênio e oxigênio. 

O hidrogênio e oxigênio são armazenados numa célula de combustível, que usa os dois elementos para produzir eletricidade. Nocera conta que a primeira folha artificial foi desenvolvida há mais de uma década por John Turner, do Laboratório Nacional de Energias Renováveis, no Colorado. Mas ela não se mostrou prática para uso amplo por ser instável, gerar pouca energia e usar metais caros.

O novo dispositivo superou esses problemas, já que usa materiais mais baratos (como níquel e cobalto) e pode ser operado, sem parar, por mais de 45 horas e  sem perda na produtividade.

A folha artificial do grupo de Nocera é cerca de dez vezes mais eficiente na fotossíntese do que uma folha de árvore normal. Porém, seriam precisos dezenas ou centenas de dispositivos para produzir a mesma energia que uma árvore. Entretanto, as pesquisas em torno da fotossíntese estão em crescimento. Nocera afirma: “Da mesma forma que a natureza, acho que o mundo no futuro será alimentado pela fotossíntese das folhas artificiais”.

No mundo todo mais de 1,6 bilhão de pessoas vivem sem acesso à eletricidade. Com a folha artificial, um litro e meio de água e luz solar seria o suficiente para abastecer uma casa pequena! Isso poderia aumentar o acesso à eletricidade para populações carentes.

2- Planta Eólica

No caso da planta eólica, que converte o movimento do vento em energia, a sua estrutura lembra bastante uma árvore. Ao invés de utilizar a fotossíntese, essa pequena “árvore” utiliza a energia eólica. A eletricidade é gerada por pequenos fios incorporados nas folhas que também funcionam como talos. Esses fios são feitos de materiais piezoelétricos, que produzem uma pequena corrente elétrica quando são movimentados ou pressionados.

Depois de vários experimentos, a equipe de pesquisa criou as “folhas” em formato da folha do choupo-do-canadá, pois oferece o melhor desempenho porque suas hastes obrigam as folhas a oscilar em um padrão regular.  Isso otimiza a geração de energia pelos fios piezoelétricos flexíveis.

As folhas biomiméticas geram eletricidade ao balançar ao sabor do vento
Imagem: Christopher Gannon
EcoD. http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2017/posts/planta-eolica-gera-energia-balancando-as-folhas#ixzz65kYaGT9b

3-Projeto Ilumina a Selva- Planta Lâmpada

O projeto foi desenvolvido por estudantes na cidade de Nueva Saposoa no Peru, uma comunidade indígena de 173 habitantes da etnia shipibo-conibo, na região amazônica de Ucayali. Atualmente, 42% da população rural da selva não possui eletricidade, segundo o Instituto Nacional de Estatísticas e Informática (INEI).

O aparelho é uma caixinha de madeira com uma planta e lâmpada acoplada, gera duas horas de luz por dia por meio de uma bateria que recolhe e transforma em energia elétrica os nutrientes liberados na terra por uma planta média durante a fotossíntese. 

Com as “planta lámparas”, os adultos podem trabalhar por mais horas, o que tem resultados diretos na economia da região! E as crianças ganham mais tempo para estudar e fazer  seus deveres escolares.

O aparelho é de fácil manutenção, tendo que apenas cuidar da plantinha. Isso fez com que fosse possível levar luz às áreas mais pobres do Peru e mudar a vida de um grande número de pessoas. Por esse motivo, os pesquisadores estão empenhados em aperfeiçoar a invenção e reduzir seus custos de fabricação para tornar o equipamento mais acessível. 

Para conhecer mais sobre esse projeto incrível, assista o vídeo abaixo:

É muito interessante encontrarmos projetos tão inovadores e sustentáveis para a geração de energia sem tanto impactos ambientais.

É importante lembrar: ECONOMIZEM ENERGIA! A natureza agradece <3

Fonte: 

https://idec.org.br/pesquisa-do-idec/brasil-tem-problema-grave-de-fornecimento-de-energia-eletrica

http://portalamazonia.com/noticias/quedas-de-energia-causam-problemas-a-populacao-de-roraima

https://monografias.brasilescola.uol.com.br/geografia/a-crise-energiano-brasil.htm

http://nocera.harvard.edu/Publications2011

https://exame.abril.com.br/ciencia/folha-artificial-gera-energia-por-fotossintese/

http://g1.globo.com/educacao/noticia/2015/11/universidade-no-peru-cria-tecnica-que-usa-plantas-para-gerar-eletricidade.html

http://www.ecodesenvolvimento.org/posts/2017/posts/planta-eolica-gera-energia-balancando-as-folhas

https://www.ecycle.com.br/component/content/article/8-tecnologia-a-favor/5368-planta-eolica-gera-energia-balanasando-suas-qfolhasq.html

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of