As próteses são peças artificiais que servem para substituir partes do corpo que foram amputadas ou não funcionam normalmente. Podem ser utilizadas para SUBSTITUIR membros perdidos, tanto para o processo de recuperação de lesões, deficiências congênitas ou fins estéticos.

Você sabia que existe um outro dispositivo relacionado chamado órtese?

A órtese é um dispositivo que pode ser permanente ou transitório e AUXILIA as funções de um membro, órgão ou tecido, evitando deformidades ou sua progressão e/ou compensando insuficiências funcionais. Elas possuem vários tipos, sendo utilizadas de acordo com cada caso:

  • Interna ou implantada: (Ex: material de sutura e de síntese,material de osteossíntese, instrumental para estabilização e fusão de coluna, marca-passo implantado, bomba de infusão implantada, etc);

  • Externa ou não implantada (Ex: bengalas, muletas, coletes, colares cervicais, aparelhos gessados, tutores, andadores, aparelhos auditivos, óculos, lentes de contato, aparelhos ortodônticos, etc);

  • Implantada total ou parcial por ato cirúrgico ou percutâneo, como por ex: fixadores externos, stents, drenos, etc).

O crescimento exponencial da tecnologia na medicina, as próteses e órteses têm se tornado cada vez mais modernas! Os avanços contribuem para que a qualidade de vida de quem utiliza esses recursos seja melhor.

Conheça quatro  tecnologias inovadoras dessa área da medicina:

1. Prótese 3D

Imagina poder criar uma prótese com uma impressora?

Além de serem mais acessíveis, as próteses feitas através de impressoras 3D são resistentes e de rápida fabricação, comparadas às próteses tradicionais.

As próteses 3D têm mudado a vida de muitas pessoas no mundo inteiro. Um exemplo, é o caso de um dos projetos dos Médicos sem Fronteiras. O programa de cirurgia reconstrutora criado em 2006, têm como objetivo ajudar os pacientes que tiveram algum membro perdido durante a Guerra no Iêmen, a recuperar sua independência. 

O supervisor do projeto, Samar Ismail, disse que as próteses em 3D são mais rápidas de serem produzidas e muito mais baratas. O preço de um membro feito na impressora 3D é de aproximadamente US$ 30, enquanto o de próteses convencionais começa em US$ 200 e chega a milhares de dólares. A leveza das peças é também uma grande vantagem, pois permite aos pacientes permanecerem mais tempo com elas, acrescentou Ismail.

Aqui no Brasil, o empreendedor Thiago Jucá, um engenheiro mecatrônico, criou próteses de braço com temas infantis a um preço bem mais acessível do que as tradicionais. Com isso, têm dado a oportunidade às crianças de terem uma vida mais normal!

Próteses criadas através da impressora 3D com temas de super-heróis.
Créditos da imagem:
https://awebic.com/ciencia-e-tecnologia/proteses-para-criancas/

2. DARPA (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa)

Em 2015, um homem de 28 anos, com 10 anos de paralisia devido a uma lesão na coluna vertebral, experimentou a sensação natural do toque graças a uma prótese de mão conectada ao seu cérebro. Esta foi a primeira experiência na qual a conexão possibilitou que o paciente recuperasse algum sentido do tato.

A prótese foi desenvolvida pelo Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins. Os pesquisadores usaram fios para conectá-la  com os chips inseridos no córtex motor (uma região do cérebro) do paciente, responsável pelo movimento, e no córtex sensorial, onde o cérebro compila  a informação sensorial.

3. Neural Dust

A mão protética possuía sensores de toque  capazes de detectar pequenas mudanças na pressão, convertendo em sinais elétricos transmitidos para os sensores no cérebro do paciente.

Nesse experimento, com o cérebro e o braço conectados, os pesquisadores vendaram os olhos do paciente. Logo em seguida, tocaram suavemente cada um dos dedos da prótese. Ele sentiu quando a mão foi tocada, e melhor, soube qual foi o dedo! Isso com quase 100 por cento de precisão, relatando que sentiu como se sua própria mão estivesse sendo tocada.

Em 2016, uma equipe de cientistas da Universidade da Califórnia desenvolveu um protótipo de sensor wireless (sem fio) menor que um grão de arroz. O  sensor foi batizado de “neural dust”. Ele possui um cristal piezoelétrico (quando submetido a uma pressão, gera um campo elétrico). Esse cristal é capaz de  gerar energia utilizando vibrações ultrassônicas do próprio corpo do paciente.

O sensor precisa de quantidades muito pequenas de energia, e é capaz de transmitir as informações coletadas para receptores externos. No caso, seriam as próteses para pessoas que não são capazes de mover algum membro.

Esses dispositivos extremamente pequenos e autossuficientes em energia poderão ficar implantados nos pacientes para sempre em um futuro próximo. Por produzirem sua própria energia as chances de necessitar de algum tipo de intervenção para manutenção são menores.

4. Revolutionizing Prosthetics (Revolucionando Próteses)

Em 2018, um americano se tornou a primeira pessoa a viver com uma prótese controlada pela mente. Johnny Matheny, passou por uma série de cirurgias de reinervação muscular e recebeu uma prótese de mão.

A iniciativa faz parte do Revolutionizing Prosthetics, projeto destinado a desenvolver próteses controladas pelo cérebro. O programa está agora construindo membros artificiais à pessoas amputadas. Espera-se que num futuro próximo muitas pessoas possam ter acesso a essa tecnologia

Johnny Matheny testando o novo braço
Créditos imagem: Quartz, via:
https://futuroexponencial.com/americano-protese-mente/

Johnny, o norte americano, passou por meses de treinamento antes que pudesse realizar simples movimentos. Segundo ele, o braço robótico é como um braço normal ligado ao seu corpo, e realiza todos os movimentos normalmente! 😀

Apesar de toda essa evolução, o homem precisou devolver o braço mecânico para o projeto. A ideia é desenvolver melhor a tecnologia e trazer mais oportunidades para todas as pessoas que precisam de próteses.

O futuro está aí batendo à nossa porta! É é incrível o quanto a tecnologia pode nos ajudar a vivermos mais e melhor! Interessante não é? 

Fonte:

https://fortissima.com.br/2014/12/25/quais-diferencas-e-para-que-servem-orteses-e-proteses-14670503/

https://www.3dapplications.com.br/2019/03/12/proteses-feitas-com-impressao-3d-dao-novo-futuro-a-vitimas-de-guerras/

https://awebic.com/ciencia-e-tecnologia/proteses-para-criancas/

https://ofuturodascoisas.com/tag/proteses/

https://ofuturodascoisas.com/as-proteses-do-futuro-irao-recuperar-as-sensacoes-fisicas/

https://futuroexponencial.com/americano-protese-mente/

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of