Bases: definição

As bases de Arrhenius são definidas da seguinte forma:

⇒ Bases são substâncias que, em solução aquosa, sofrem dissociação ou ionização, liberando o ânion OH (Hidróxido).

A maioria das bases são substâncias iônicas formadas pela união de um cátion metálico e uma hidroxila.

NaOH → Na+ + OH

As outras bases são moleculares:

NH3 + H2O → NH4+ + OH

Bases Iônicas: Sofrem dissociação em água

Bases Moleculares: Sofrem ionização em água

Classificação das bases

  • Quanto ao número de hidroxilas

De acordo com o número de hidroxilas que uma base apresenta, ela pode ser classificada como:

Monobase: apresenta um único grupo OH.

Ex: KOH (hidróxido de potássio).

Dibase: Presença de dois grupos OH.

Ex: Mg(OH)2 (hidróxido de magnésio).

Tribase: Presença de três grupos OH.

Ex: Al(OH)3(hidróxido de alumínio).

Tetrabase: Presença de quatro grupos OH.

Ex: Pb(OH)4 (hidróxido de chumbo).

  • Solubilidade em água

As bases podem ser classificadas quanto a solubilidade em água:

– Solúvel: compostas por metais alcalinos

– Base pouco solúvel:  bases de metais alcalino-terrosos

– Base insolúvel: as demais

  • Quanto a Força

Essa propriedade das bases se relaciona com a quantidade de íons OH- liberados na dissolução, determinada por seu grau de dissociação (α).

Quanto mais solúvel for a base maior será seu grau de dissociação e mais forte a base será.

Forte: base de metais alcalinos e terrosos (α > 5%)

Fraca: as demais bases (α < 5%)

Química em Ação

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of