Gás Nobre, como as ligações iônicas aparecem no nosso cotidiano?

Se tem algo que pode ser considerado irresistível, é ver aquele cineminha, com uma boa companhia, comendo aquela pipoca amanteigada. Só precisamos ter cuidado para não “carregar” muito na quantidade de sal, pois além de ficar difícil para comer, ainda pode prejudicar a nossa saúde, principalmente para aqueles que possuem hipertensão arterial.

Ligações Iônicas no nosso cotidiano
Saudade de ir ao cinema, né meu filho?

Mas o texto de hoje não será sobre hipertensão arterial, e sim, sobre os compostos iônicos em nossa vida, e nada melhor do que abordar esses compostos, através do tão famoso sal de cozinha, tão presente em nossas vidas, onde o seu componente principal é o cloreto de sódio.

Então pegue a sua pipoca, e vamos reagir?

Compostos Iônicos Famosos no nosso Cotidiano

O cloreto de sódio, NaCl, é um exemplo de composto iônico, ou seja, o tipo de ligação química existente é a ligação iônica. Além disso, ele é classificado dentro das funções inorgânicas como um sal.

Se você não sabia, fique ligado(a) que existem diversos compostos iônicos que são classificados como sais. Muito embora esse artigo não seja para abordar os sais, é importante que você saiba que há outros sais famosos, como por exemplo:

• o carbonato de cálcio, CaCO3, presente nos corais;

• o sulfato de cobre, CuSO4, utilizado como herbicida;

• o sulfato de alumínio, Al2(SO4)3, utilizado no tratamento da água;

• O iodeto de potássio, KI, utilizado no tratamento radioterápico;

Ligações Iônicas no nosso cotidiano
Coral na Austrália em formato de coração

O CLORETO DE SÓDIO É UM BOM EXEMPLO PARA ENTENDER COMO OCORRE A LIGAÇÃO IÔNICA

Para entendermos as características dos compostos iônicos, vamos dar foco no cloreto de sódio, pois ele é um excelente exemplo para entendermos a aplicação dos conceitos que estudamos em química.

Uma das formas de se obter o cloreto de sódio, é através da evaporação da água do mar, que é um processo realizado nas salinas. Mas não vai ser dessa forma que gostaria de abordar esse tópico. Vamos pensar na reação entre o sódio metálico e o gás cloro, que resulta na formação do cloreto de sódio, conforme representado logo abaixo:

2 Na(s) + Cl2(g) →  2 NaCl(s)

Essa reação, que pode ser chamada de oxirredução, e ao mesmo tempo, de reação de síntese ou adição, temos que o átomo de sódio sofreu oxidação, ou seja, aumentou o seu NOX, através da perda de seu elétron de valência, transformando-se assim, em um cátion monovalente, conforme representado logo abaixo:

2 Na0 → 2 Na+ + 2 e

Por outro lado, temos que o cloro sofreu redução, ou seja, o seu NOX reduziu, através do recebimento do elétron perdido pelo sódio, transformando-se assim, em um ânion monovalente), conforme representado logo abaixo:

Cl2(g) + 2 e →  2 Cl

A ligação que ocorre entre esses íons, que será de natureza eletrostática, é chamada de ligação iônica, e são ligações fortes.

Ligações Iônicas no nosso cotidiano
Sal de cozinha

Propriedades dos compostos iônicos no nosso cotidiano

Tendo em vista o tipo de ligação química, os compostos iônicos apresentam propriedades bem definidas, como:

  • Todo composto iônico está no estado sólido em temperatura ambiente;
  • Os íons estão unidos em um retículo cristalino, são duros e quebradiços;
Ligações Iônicas no nosso cotidiano

Legenda: Retículo cristalino de cloreto de sódio, onde o cloro (Cl) está representado pela cor verde, e o sódio (Na+) pela cor roxa.

  • Apresentam alto ponto de fusão (PF) e alto ponto de ebulição (PE);
  •  No estado sólido não conduzem corrente elétrica, por não apresentarem cargas livres, mas quando fundidos ou dissolvidos em água, são capazes de conduzir, pela presença de íons livres;

 Fusão do NaCl: NaCl(s) →  Na+(l) + Cl(l)

Dissociação do NaCl em água: NaCl(s) →  Na+(aq) + Cl(aq)

  •  No geral, são solúveis em água.

QUER SABER MAIS E ASSISTIR UMA AULA COMPLETA SOBRE AS LIGAÇÕES IÔNICAS E COMPOSTOS NO NOSSO COTIDIANO ?

Revise as ligações metálicas clicando aqui.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of