Gás Nobre, no momento em que escrevo esse artigo, estamos passando pela pandemia ocasionada pelo Covid-19. Acabei tendo uma necessidade grande de escrever sobre a importância da Química para a Sociedade, com base em algumas “coisas” que vi recentemente.

Esse artigo é uma espécie de desabafo? Mais ou menos, hehehehehe…

Desde já, quero que você saiba que eu deveria abordar toda a questão histórica envolvendo a Química e a Sociedade, visando dar todos os argumentos para que você pense: 

“Pois é, realmente a química é importante para a sociedade!” 

Como o meu objetivo nesse artigo é fazer você refletir, optei por utilizar de um caminho mais simples, que é conversar com você. Sim, conversar com você! Durante essa conversa, vou falar somente sobre algumas situações do nosso cotidiano, e não transformar essa postagem em um apanhado histórico (que é muito importante, diga-se de passagem!), tudo bem? 

Pois bem, eu estava falando de Covid-19, Química e Sociedade…

Antes que você pense em me perguntar o que uma “coisa” tem a ver com a outra, queria que você soubesse que acabei de sair de uma farmácia, e estou um pouco espantado com o que o farmacêutico me contou…

Segundo ele, logo no início da pandemia, os estoques de álcool 70% em gel se esgotaram, e em seguida, os estoques de gel de cabelo também se esgotaram, pois muitas pessoas estavam colocando o álcool (de diferentes concentrações) no gel de cabelo, para fazer “álcool em gel”.

Se você está lendo esse artigo, e possui um pequeno conhecimento de química, com certeza você já sabe que isso é algo completamente errado.

Ainda nesse cenário de pandemia, não sei se você se recorda, mas logo no início apareceram muitos laboratórios clandestinos produzindo esse tipo de produto, e essa produção estava acontecendo de uma forma descontrolada, ignorando as questões de higiene e segurança, e escoando pelas ruas através do comércio ilegal, um produto sem eficácia alguma.

Nesse momento, o mundo ainda está de “pernas pro ar”, mas no início da pandemia foi desesperador ver que as prateleiras estavam vazias, e o álcool 70% alcançava valores astronômicos.

Atualmente, digamos que a “coisa” já está mais normalizada, e não é difícil conseguir comprar o álcool 70%. Além disso, aqui na minha cidade os valores já voltaram para o que era considerado normal (ou próximo disso, claro).

Nunca se falou tanto de química, principalmente para explicar conceitos simples (como a diluição), visando demonstrar o porquê de se deixar para o químico, que é um profissional preparado para isso, fabricar o álcool 70% em laboratório devidamente preparado para tal finalidade.

Fonte: Conselho Federal de Química

Esse é um exemplo recente sobre a importância da Química para a Sociedade.

E vou mais além… 

Nesse cenário do álcool 70% que lhe contei, não somente a Química foi (e é) importante para a Sociedade, no sentido de se adaptar para conseguir fornecer o produto correto para todos. 

Mas há outro ponto que merece ser mencionado: a questão da Sociedade e os seus conhecimentos em Química, também são MUITO importantes.

É claro que não dá para esperar que todas as pessoas estejam no mesmo nível de conhecimento de um químico, ou então, que todas as pessoas se lembrem do que foi estudado na escola… Porém, todos passam (ou pelo menos, deveriam passar) pelo conteúdo de concentração de soluções e diluição, e isso seria o suficiente para não cair em receitas caseiras, esgotar estoques de gel para cabelos ou aquisição de produtos clandestinos.

Mas nem tudo são flores, não é?
Inclusive, se você nunca estudou esse tema, vou até recomendar uma aula minha sobre. Clique aqui.

E enquanto escrevo esse artigo, acabei de ser notificado que a bateria do meu celular já está quase no final. 

Você sabia que as pesquisas para aprimorar e melhorar o desempenho dos dispositivos portáteis que nos fornecem energia elétrica, é algo de extrema importância para a melhoria da capacidade de autonomia dos celulares (tablets e notebooks também)? Nem preciso falar os celulares revolucionaram a forma como a Sociedade se relaciona.

Você se lembra de como eram os celulares por volta dos anos 2000?

Será que as baterias que eram utilizadas nos celulares antigos, conseguiriam suportar o avanço que os dispositivos deram?

Já imaginou se os Químicos, Engenheiros e etc, negligenciassem essa questão?

Me responde uma coisa: talvez esse artigo esteja sendo lido pelo celular, acertei?

Olha o patamar que estamos: você pode ler esse artigo pelo celular, ou até mesmo, assistir uma aula minha. Quem diria que teríamos o mundo inteiro em nossas mãos, não é?

Mas voltando ao nosso tema, durante essa passagem pela farmácia, a minha esposa resolveu analisar algumas embalagens de produtos para tratamento capilar. Como ela sabe pouco de Língua Portuguesa (pois ela não é brasileira), precisei traduzir o que os rótulos dos produtos selecionados por ela estavam dizendo, e pra minha surpresa (e ao mesmo tempo espanto), um deles dizia assim:

 “Esse produto não tem química”.

  • Mas como assim não tem química?

Por uma questão de ética, jamais colocaria nesse artigo o rótulo do produto, mas o que eu acho engraçado é que no setor de composição do produto, tinham diversos compostos químicos mencionados, sejam orgânicos (como aminoácidos) e inorgânicos (como a água).

É claro que eu entendo as questões envolvendo o marketing, numa tentativa de demonstrar para o público que aquele tipo de produto não prejudicava o cabelo… Mas o que isso tem a ver com a “Química”?

Sei que em várias situações, essa palavra acabou sendo sinônimo de algo agressivo e tóxico. Há algumas passagens históricas, onde a “Química” acabou deixando cicatrizes. Mas acho injusto isso tudo…

Há substâncias que realmente são extremamente perigosas, e com o conhecimento adequado, podemos não nos prejudicar com elas, e muito além disso, usá-las ao nosso favor.

Sabe o ácido sulfúrico (H2SO4)? Aquele ácido que é altamente corrosivo…

Pois bem, esse ácido realmente é perigoso para nós, em um cenário que ele cai sobre a nossa pele. Mas ele é extremamente importante para a Indústria Química. Só para você ter uma ideia, a quantidade de ácido utilizada por um país, é um indicativo do desenvolvimento industrial do mesmo.

Por falar em ácido, você teria coragem de beber um copo de ácido?

Sim ou não?

Se fosse de ácido sulfúrico, tenho certeza que você recusaria. E eu também digo para você recusar, hehehehe 

Mas e se fosse de ácido cítrico?

Você teria coragem?

Sim ou não?

Deixa eu tentar adivinhar: você quer saber que ácido é esse, acertei?

Pois bem, o ácido cítrico é um  ácido presente em frutas cítricas, como por exemplo, a laranja.

E aí, aceitarias um copo de suco de laranja?

Eu poderia falar também sobre o preconceito que as pessoas possuem sobre o termo “ácido”, mas deixemos isso para outra conversa.

Mas enfim, eu queria que você soubesse: não tem jeito, a Química está presente em tudo.

Gás Nobre, eu poderia listar inúmeras outras situações do nosso cotidiano, onde a Química é extremamente importante. Mas agora eu gostaria muito que você refletisse sobre isso:

Como seria o mundo sem a Química e seus profissionais?

Gás Nobre! Você tem dificuldades para entender conteúdos de Ciências da Natureza? Não fique triste! Eu, professor Paulo Valim, quero te contar um segredinho que os melhores estudantes do Brasil já conhecem, com a minha plataforma Ciência em Ação, você vai conseguir aprender QuímicaFísica e Biologia de forma rápida e efetiva e garantir a sua aprovação ainda em 2020.

Não importa se você tem dificuldades com as matérias ou se essa é a primeira vez que você vai estudar Química, Física ou Biologia. No Ciência em Ação, nossos cursos são completos e aprofundados. Eu e a minha equipe ensinamos todo o conteúdo do começo ao fim de forma didática.
Que foi? Você tem dúvidas de que o que eu estou falando é verdade? Então, saca só, Gás Nobre! Liberei o primeiro módulo completo da minha plataforma Ciência em Ação totalmente grátis pra você experimentar! Curtiu? Clique aqui e aproveite para conhecer a melhor plataforma de Ciências da Natureza da web!

Bora reagir e realizar os seus sonhos? 

Me acompanhe nas redes sociais: curta a minha página no Facebook, siga o meu Instagramse inscreva no canal do Youtube e entre no meu canal do Telegram.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of